Autor Cláudia Almeida

Quando eu tinha 8 ou 9 anos encontrei um livro. Entre os muitos títulos nas prateleiras lá de casa estava “Os Cinco e as Joias Roubadas”, a história que mudou a minha vida. Foi das páginas desse livro que nasceu o meu gosto por narrativas. Muitas aulas de português e composições depois, apercebi-me de que queria ser eu a contar as histórias que me fascinavam a outros. A câmara fotográfica passou então a acompanhar o papel e a caneta. Começou assim o sonho do jornalismo.